6 de abr de 2015

Eu assisti: Cinderela (2015)!!


As pessoas pensarão que estão vendo pela primeira vez, ainda que já conheçam a história... Um dos comentários da graciosa Helena B. Carter a qual concordo plenamente! Cinderela foi um filme de sentimentos, de lições e de encantos, um filme que se utilizou de impressionantes efeitos visuais e figurinos excelentíssimos para compor a história que, de acordo com Helena, já conhecemos, mas ao mesmo tempo estamos vendo pela primeira vez.
Já assistiu o filme? Legal! Acompanhe a crítica seguindo em frente! Ainda não viu? É recomendado ver antes, pois terão muitos SPOILERS! Aviso dado!

Sobre o filme

Assim como em Malévola (2014), o filme se inicia contando sobre a infância e juventude de Cinderela, uma menina humilde, filha de família simples e feliz. Sua infância com sua mãe foram momentos de doçura e sonhos, até que a mesma vem à falecer. Antes de sua morte, ela fez Ella (assim é o real nome de Cinderela) prometer ter sempre coragem e ser gentil. O tempo passou e o pai de Ella apaixona-se novamente, mas por Lady Tremaine, uma senhora fria e insensível, mãe de duas jovens mimadas e arrogantes, Drizella e Anastásia. As três damas mudam-se para a casa de Cinderela, onde passam a morar com Ella e seu pai. As coisas andam bem, até o momento em que o pai de Ella precisa fazer uma viajem inesperada e adoece no caminho, ocorrido que o levou até sua morte. Assim, Ella agora pertencia à sua madrasta, que a usava como escrava. A humilhação passou a ser tão constante que Ella cansou e fugiu à cavalo por uma tarde, apenas para esfriar a cabeça, pois estava terrivelmente entristecida (nunca brava, nunca repleta de ódio. Ela sempre manteve-se forte para cumprir o que prometera à sua mãe). Ela acaba cavalgando por uma floresta, onde encontra-se com o príncipe do reino. Ella passa a olhá-lo como um amigo, enquanto o rapaz se vê apaixonado por ela. A fim de encontrá-la novamente, ele permite que plebeus e nobres compareçam ao baile real naquela noite, onde estava previsto para que ele encontrasse uma noiva e assumisse o trono de seu pai, enfim. A partir daí, aquela velha história (com umas poucas alterações) mantém rumo!

Antes de falar das lições e dos sentimentos, outros detalhes deviam ser focados no momento. Como por exemplo, o lustroso figurino! Eles tiveram todo o devido cuidado em relação ao século em que se passava o filme, respeitando as modas e classes da época. Os personagens tinham roupas extravagantes e fantasiosas, lindas e outras vezes bem representavam a personalidade do tal.
Cena que prova isso seria no grandioso baile real! Usando a mesma característica de Bela (em A Bela e a Fera), Cinderela era a única a usar um vestido da cor azul tão brilhante quanto qualquer outro tom de azul. A única, e a cor exata prova o quão especial ela era, em meio àquelas outras donzelas. O azul, no figurino da Disney, geralmente representa essa diferença boa e especial, além das borboletas espalhadas pelo busto, que representam a liberdade e a ingenuidade da princesa.

Agora eu gostaria de focar nos personagens, pois estes receberam comportamentos interessantes, um pouco diferentes dos atuais. A personalidade é mais focada, assim, ficamos a conhecê-los com exatidão, detalhes que não davam muito pra notar do desenho.

Personagens

Cinderela (Ella): Cinder, do inglês para "cinza" ou "borralho", foi esse o significado do apelido nada carinhoso concedido à Ella, que mais tarde teria orgulho de tê-lo, prova de que seus maus tempos existiram e foram superados. A personalidade doce e amável da princesa dos desenhos animados permaneceu na personagem do live-action, detalhe forte para a valorização do filme. Não seria muito aceitável alterar a figura de nossas infâncias, em relação à garota ingênua e, sabendo das crueldades, jamais deixou de ter amor no coração. Lindo mesmo foi quando ela perdoou as irmãs e a madrasta pelo feito, ainda que o pedido não tenha sido sincero, ao menos o perdão de Ella foi e isso muitos precisam aprender (Hans ;-;).
Muitos reclamaram da atriz para Ella, por ter pouco brilho, por não ser bonita, mas em minha opinião ela foi perfeita para o papel da princesa. Cinderela é uma princesa bonita, mas ao mesmo tempo simples. Não seria certo colocar uma loira glamourosa, de nariz empinado e face de boneca, pois de nada tem a ver com a personagem. Ella é uma jovem feita de escrava, e sua beleza deve-se a ser natural, não plastificada, como a maioria das loiras Hollywoodianas. Pra mim, a atriz conseguiu ter o olhar ingênuo, doce e natural da princesa, ela foi merecedora.

Príncipe (Kit): O príncipe encantado da história, ou Kit, como é chamado pelo seu pai, dessa vez foi um príncipe que valeu á pena a aparição. Anteriormente tivemos um desastre com Phillip, príncipe de Aurora, em Malévola (2014). O tal príncipe, além de mal aparecer, não teve muito valor e pra piorar, foi interpretado por um rapaz que atuou bem, mas não tinha porte para ser o Phillip dos desenhos. Eu ficaria aqui discutindo sobre os malefícios da aparição de Phillip, em Malévola, mas o Sr.Kit é o assunto principal. Voltando ao príncipe de Ella, detalhe que me impressionou e me agradou no personagem foi que sua personalidade foi preservada. Respeitável, admirável, mas ao mesmo tempo apenas um jovem que ainda precisava aprender sobre os ofícios de um Rei, um tanto rebelde e engraçado, assim é o "príncipe encantado". Pra as pessoas que acompanharam Cinderela em desenho, do primeiro ao terceiro filme, saberão que essas características se encaixam perfeitamente ao príncipe. Desde ter bocejado ironicamente para o pai, no primeiro filme, demonstrando não estar interessado em casar com nenhuma das princesas apresentadas, até ter lançado-se de uma janela, no terceiro, afim de encontrar a garota do sapatinho de cristal.
Pouco tenho a falar sobre o ator, para não fazer da crítica cansativa, mas posso dizer que este atuou muito bem e foi perfeito para o papel do príncipe. Sinceramente, não gostei muito dele nas fotos, mas na tela do cinema as coisas mudam.

Lady Tremaine (madrasta): O que dizer de uma das figuras vilanescas mais frias e poderosas da Disney? Lady Tremaine tem força nas palavras, ódio no olhar e postura firme! A personagem, ainda que não seja parecida com a do desenho, no live-action (ficou muito mais bonita, por sinal), teve a personalidade preservada e características muito bem focadas! Hora ou outra, demonstrava ter um coração dentro daquela carcaça morta que era sua alma, mas quase todo tempo mostrava ser uma figura superior e insuperável.
A atriz foi uma escolha perfeita para uma das vilãs mais famosas das animações da Disney! Esbanjou toda a crueldade e insensibilidade da vilã, era claro acompanhar a personalidade fria dela. Não tem como não ter indignação e raiva!

Drizella e Anastásia: Ou como chamadas por Ella, suas irmãs postiças. Não vou falar muito sobre as atrizes que as interpretaram, mas sim se elas conseguiram interpretar o jeito tosco, arrogante e mimado dessas jovens um tanto estúpidas. A resposta é sim, com um pouco de exagero. Senti que, em live-acion, as irmãs são mais desastrosas e desengonçadas que o comum, nos desenhos. O filme também focou nelas e em suas faltas de talentos visíveis (quem se lembra do "Oh canta, rouxinol" com Drizella?). O que mais chamou atenção também foi o figurino extravagante, digno de desfile carnavalesco, assim também como o comportamento delas, entre elas. Irmãs, irmãs... Vez ou outra já fui assim com a minha, mas criança cresce e essas meio que pararam no tempo.

Fada Madrinha: E como eu poderia me esquecer de uma das figuras de humor do filme?! Helena, grande atriz, sempre interpretando papeis marcantes, não podia ficar de fora dessa! Deu cor e vida à fada madrinha de Cinderela, mas dessa vez surgiu como uma rejuvenescente e formosa mulher (às vezes vejo Marilyn Monroe nela) num vestido um tanto peculiar, mas adorável! Cheia de humor e bem desastradinha, essa foi a nova fada madrinha! Não muito diferente da antiga senhora de azul, se olharmos com atenção. E claro que a palavra mágica clássica "bibidi-bobidi-bo" não ficaria de fora!
Eu fiquei um pouco desconfortável de início, pela mudança drástica, pois a fada madrinha visualmente foi um dos personagens mais alterados, e olhar pra ela não bateu aquela nostalgia da velha fada madrinha, porém com o tempo fui me acostumando com a ideia, até porque Helena fez essa mudança valer à pena!




Cenas interessantes e tocantes são as doze badaladas do relógio, e o momento de sair em disparada daquele castelo antes que a magia cesse! A correria, o toque de fundo e os efeitos impressionantes de tudo retornando ao que era antes é de prender a atenção!
Poucas e insignificantes alterações foram feitas, o que valorizou muito o live-action! As cenas acrescentadas que não muito tem a ver com o desenho fizeram sentido na nova versão do clássico, não afetou o brilho do filme e não alterou os tão amados personagens!
Se me perguntarem qual é o melhor, Malévola ou Cinderela? Ambos são filmes incríveis, com atores e atrizes incríveis, mas cada um tem seus próprios prós e contras. Malévola é um filme tocante, dramático, que fala sobre uma vilã em sua redenção. Cinderela é uma versão romântica do clássico mais conhecido de todos os tempos, diferentemente de Malévola, teve poucas alterações e isso é bom, mas são poucas as cenas dramáticas, com sentimentalismo além. Isso depende muito de que tipo de filme você gosta.

E você? Curte Malévola ou Cinderela? Gostaria de ver esse filme no cinema? Comente! ^-^

Em breve mais detalhes sobre Disney Princess!!

Imagens: Pegas aleatoriamente!
Textos por mim!


17 comentários:

  1. Eu assisti Cinderella sábado, é você? Cara, simplesmente. Foi mágico! Acho que o filme com as pequenas alterações do desenho melhorou o conto de vez. Malévola eu ainda não assisti, então não consigo falar qual é o melhor.
    Bjs <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Idem. Realmente Cinderela conseguiu ser perfeito, ainda que tenha sido alterado (ainda bem que foi pouco, mas convenhamos, se o filme fosse a cópia exata do desenho, não teria muita graça XD).
      Malévola também é outro live-action bom, mas este é muito mais alterado que Cinderela. Ainda sim, é recomendado! ^-^
      bjs<3

      Excluir
  2. Gostei muito da sua crítica, foi realmente um filme lindo (gostei mais do que Malévola)!
    Mas sobre a Cinderela do filme... Admito que me despontei um pouco. Acho que quase ninguém percebeu, mas a Cinderela do desenho tinha cabelos loiro morango, quase ruivo, olhos azuis e o vestido era prata. Adorei a atriz, mas fiquei triste pela Disney ter reforçado esse "estereótipo" de que a Cind é loira e o vestido é azul...
    O príncipe, por outro lado, foi admirável (Até que enfim alguém que fala daquele projeto de Phillip! Um verdadeiro desastre mesmo!). Eu gostei muito de terem focado mais nele. Acho até que ele ficou mais parecido com o original do que a própria Cinderela.
    Gostei muito mais dessa Tremaine do que a antiga. Acho que ela era meio velha e vazia (aquela cena dela "chorando" e a dela rasgando o vestido jamais aconteceriam com a antiga Tremaine). Essa é bem mais "diva".
    Enfim, eu gostei muito do filme, mas prefiro vê-lo como um remake, que se baseia tanto no desenho quanto no conto clássico. Foi uma realização assisti-lo. Diferente de Malévola, que tá entalado até hoje na minha garganta (não gostei das alterações).
    Agora vou dar uma de fã chata e dizer: "Continua logo a fic!!" Bjs e até mais :).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu entendo quanto à Ella ser loira do vestido azul. Foi-me dito uma vez que houve uma confusão em relação às cores usadas naquela época, e que o prata hora parecia azul, também haviam cenas que Ella estava loira, por isso tudo confundiu-se. Mas pra mim, a figura da princesa loira do vestido azul devia permanecer. A maioria das crianças nasceu vendo Ella loira com o vestido azul, os produtos e tudo quanto é lugar a fazem assim. Se ela fosse ruiva do vestido prata, os menos aprochegados (a maioria do público) iria desacostumar. Por isso esse detalhe é o de menos, mas sobre os olhos azuis, realmente a princesa do desenho tem. Mas enfim, o príncipe tem olhos azuis muito marcantes, e o do desenho tem castanhos, e ninguém reclamou desse detalhe, então acho que isso pode passar despercebido rss :p
      Eu também achei ele parecido com o príncipe do desenho, mas em questão de comportamento. Ninguém ali ficou a cópia exata do personagem do desenho visualmente (e nenhum me fez lembrar o do desenho também), mas isso não significa que me desagradou, pelo contrário. ^-^
      rss eu sempre vou preferir o desenho, mas tenho que concordar em relação à Lady Tremaine. A atriz pra ela foi simplesmente perfeita, e até um pouquinho mais!
      Eu ainda gosto de Malévola, curti algumas alterações, mas houve coisas desnecessárias, como fazer de Phillip (um dos primeiros príncipes da Disney que fizeram alguma coisa na vida) um idiota! Isso foi o cúmulo!
      rss vou continuar, eu vooou <3
      bjs<3

      Excluir
  3. Respostas
    1. Se assim diz... Bem, não vou discutir sobre isso, porque gosto de ambos os filmes (e Malévola é mais dramático XD) mas esse também teve prós que Malévola não teve! Boa opção também! ^-^
      bjs<3

      Excluir
    2. obrigada mais também gostei de Cinderela principalmente das musicas. mais Malévola Não foi o melhor filme do ano mais eu me apaixonei por ela <3 e pelo jeito anti herói dela .

      Excluir
    3. Ah, entendo completamente! Eu também me apaixonei pelo jeito anti-herói dela! ^-^
      bjs<3

      Excluir
  4. Eu assisti,estava quase morrendo de tanta ansiedade de assistir,foi maravilhoso,eu amei,e pra mim superou por completo a animação,acho a lily james perfeita para o papel da Cinder,não me importa a cor dos olhos,pra mim ficou mais linda sem os olhos azuis(Elsa já tem olhos azuis),acho que em alguns casos seja invejinha de algumas garotas kkkkk mas também é só opinião mesmo das pessoas,o principe ninguém reclama,não preciso nem dizer porque,achei magnifico os efeitos especiais,a Lady realmente a segunda melhor personagem para mim,amo Malévola mais prefiro muito mais Cinderella,acho que não ultrapassará Malévola por causa da interpretação da famosa Angelina jolie mais prefiro Cinderella pois não é assombroso como Malévola e sim deslumbrante,agora é só esperar o DVD!!!=D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses mínimos detalhes entre Cinderela e a atriz não importam muito mesmo, o que importa é que ela conseguiu honrar o nome dessa tão clássica princesa! O filme todo foi emocionante, mágico e digno! O próprio Walt Disney disse que sua cena preferida de todos os seus filmes e desenhos foi a transformação do vestido de Ella, e no filme essa cena foi uma das mais mágicas e impressionantes!
      Eu amo Malévola, mas Cinderela não fica pra trás! Os efeitos especiais, o brilho, os mínimos detalhes se superaram!
      bjs<3

      Excluir
    2. Ele não morreu?,vc quis dizer a da animação né?,ambos são maravilhosos,esotu muito ansioso agora para assistir a bela e a fera,Oz magico e poderoso 2,Alice no pais das maravilhas 2 e Mulan,todos live actions=)

      Excluir
    3. (Sim, da animação XD)
      Eu também estou ansiosa para os próximos filmes, principalmente A Bela e a Fera e Alice no País das Maravilhas 2! ^-^
      bjs<3

      Excluir
    4. Nunca foi tão ligado na Bela,acho ela simples demais não mais do que outras princesas mais a acho muito fofa por gostar de livros e seu pai também é um senhor muito fofo,quero muito ver como será os looks e efeitos especiais!!!=D

      Excluir
    5. A Bela é minha princesa Disney preferida, por ser a primeira princesa da franquia a ser corajosa, determinada e ter boas intenções (pois as outras anteriores à ela só tinham como intenção o príncipe), além de não procurar por um amor, ela apenas procurava por uma vida nova (o amor veio à ela, é bem diferente de outras princesas).
      Também estou ansiosa pelos efeitos especiais e o figurino, principalmente! ^3^
      bjs<3

      Excluir
  5. A verdade é que eu não estava esperando muito a partir deste filme e fiquei bastante surpreso recentemente a vi novamente na programação HBO. Posso dizer que é o melhor adaptação que eu vi este filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Foi a melhor adaptação de Cinderela que eu vi até agora.
      bjs<3

      Excluir

Oi, fico feliz que vai comentar ^-^ mas antes leia as regras:

1- Seu comentário será moderado, pense no que vai dizer!
2- Deixe o link do seu blog nos comentários e eu irei seguir! Porém, antes, fale do post para mostrar consideração!
3- Não divulgue concursos nos comentários que não seja sobre um dos assuntos do blog.
4- Não fale palavrões ou insinuação de palavrões.
5- Não divulgo blogs ou quaisquer coisa.
6- Qualquer comentário ofensivo será excluído.

Página Anterior Próxima Página Home